Minha filosofia tântrica

Dominando a Arte do Orgasmo
Fevereiro 9, 2020
Desintoxicação emocional nos tratamentos de Tantra
Fevereiro 9, 2020

Minha filosofia tântrica

woman and flower

A energia sexual não pode ser criada ou destruída, apenas pode ser transformada. Na minha própria experiência, entendi o Tantra como um esforço para comprometer o autoconhecimento que transcende o caminho sexual para o caminho espiritual e também uma tentativa de desenvolver força de vontade e foco, apesar de nossos esforços e instintos naturais.


O ato sexual durante essa jornada espiritual pode ser visto como uma distração, desperdiçando a energia e a motivação do corpo. Durante esse período, tentei entender mais sobre meus instintos e como aprender a controlá-los.
Durante todo esse período de estudo do Tantra, notei dentro de mim um aumento na quantidade de energia circulando, em todo o meu corpo, mais foco, calma e muito mais criatividade. Fiquei tão fascinada com a intensidade dessas qualidades de energia recém-despertadas que decidi aprofundar meu estudo do Tantra.



Foco Mental


Meu maior crescimento pessoal ocorreu durante esse período, assim como minhas ideias mais profundas sobre o Tantra e meu propósito pessoal. Eu também experimentei níveis ilimitados de energia física e desenvolvi um foco mental que uso até hoje para controlar meus instintos.


Acredito que o sexo é desencorajado porque pode ser sua maior distração, seu pior inimigo que afasta sua atenção de seguir intensamente seu caminho espiritual de realização, mas quando trabalhado conscientemente, o indivíduo conhece sua melhor força e a usa para o bem maior.


Quando motivados pelo desejo sexual e aprendemos a controlar esse desejo, desenvolvemos uma imaginação maior, coragem, força de vontade, persistência e criatividade das quais nem sequer tínhamos consciência. Às vezes, a energia sexual dentro de nós é tão forte que estamos realmente dispostos a morrer, machucar os outros ou correr o risco de aprisioná-los. Imagine se pudéssemos aproveitar essa energia e usá-la para outros fins maiores?


A verdade é que somos todos seres sexuais. O verdadeiro caminho da transformação sexual não é ceder ao sexo rapidamente, negar o sexo, escapar do sexo ou mesmo superar o desejo por sexo. Trata-se de aceitar o desejo sexual como parte de sua natureza, como nota de base para sua sinfonia superior. Sim, somos seres sexuais, mas somos mais do que isso – a sexualidade é apenas um pouco do aspecto de quem somos ou podemos ser.

www.sensitivetantric.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *